Belém : A oportunidade imperdível do imóvel de 1/2 dormitório.

Meio Quarto1

meio quarto1

Que o mercado imobiliário em geral anda reclamando pelos cantos dos resultados fracos do último ano, ninguém duvida. Mas experimente perguntar para os construtores de “ Kit Nets”, como eles estão vendo este cenário.

De maneira surpreendente, eles não vivem este clima de desolação como comemoram u  mercado que não para de crescer. E diga-se de passagem, de encolher. Isso mesmo, os apartamentos de quarto e sala estão virando ou voltando ao velho modelo do “Kit Net”, quarto, cozinha e sala em um só ambiente.

O movimento é tão forte que uma construtora paulistana acaba de anunciar que vai construir um apartamento com incríveis 19m2. Isso mesmo, muito menor do que a sala da sua casa atual. O modelo é japonês e não estranhe se estivermos , muito em breve, vivendo nasquelas impensáveis cápsulas futurísticas.

O apartamento dessa nova onda junta cozinha americana, cama e sala com a ajuda dos móveis planejados e de uma mobiliária que tem várias utilidades e pode der escondida durante o dia, para dar uma ideia de maior espaço.

O espelho que antes dava profundidade na parede, agora está indo também para o teto. A ideia é causar a sensação de um pé direito mais alto. Com um apartamento tão pequeno, a área de lazer também deve mudar. No lugar da piscina e da quadra de esportes, um salão de convivência com Tv, jogos e uma grande sacada onde você pode encontrar os vizinhos e mesmo trazer os amigos para uma pequena comemoração.  Isso lá na cobertura para dar a sensação de que o apartamento diminuiu de tamanho, mas a qualidade de vida pode melhorar alguma coisa nessa nova onda.

Mas você deve se perguntar. O que tenho a ver com tudo isso. Com esta tendência japonesa, ou com esses modismos paulistanos? Muito, se quiser seguir ganhando dinheiro nesse mercado cada vez mais apertado. Como já foi dito em outro post aqui mesmo no blog, os preços nas alturas tornaram os grandes apartamentos impossíveis para a maioria dos brasileiros.

A falta de planejamento urbano, centralizando as áreas com infra – estrutura e tornando raros e caros os terrenos disponíveis acabou por empurrar esse morador para a periferia com todos os problemas de trânsito e de serviços ( ou da falta deles) existentes por lá.

Neste cenário, o velho e rejeitado “Kit Net” surge com força total. Como quem ri por último, ri melhor. Quem esta apostando nesta onda dos “apertamentos” consegue vender bem – um apartamento de 30m2 custa 1/5 de um de 150m2, e consegue alugar melhor ainda com retornos mensais de até 300% acima do que a locação convencional.

Mais um detalhe curioso. Quem ousou construir imóveis desse tipo em bairros como Pedreira e Marco, longe de bairros mais nobres como Umarizal, chega a cobrar R$900 reais mensais de um apartamento muitas vezes sem garagem privativa e mais que isso. Afirma que o inquilino deste tipo de imóvel é muito mais fiel e bom pagador do que aquele que teria mais poder econômico.

Dica : Veja as regras da prefeitura para construir. Encontre um terreno capaz de receber seu projeto por um preço de mercado – acredite, eles ainda existem, assessore-se com um corretor que possa indicar o caminho das pedras e acompanhe sua obra e seu orçamento com a “faca nos dentes” para não perder o controle das contas. Feita a lição de casa, o diploma de melhor aluno é só uma questão de tempo.