Dica: Vai Comprar um imóvel em Construção? Evite a prestação baixa

Planta

Compra de Imóvel em Lançamento

Um dos grandes atrativos do imóvel na planta ou em início de construção é o valor da parcela. É comum os anúncios publicitários explorarem isso com exaustão. Sua casa própria por R$ 200 por mês e por ai vai.

Mas o que pode parecer ser uma chance de outro pode se revelar um problemão, e pior, você só vai perceber isso quando já não puder voltar atrás; Normalmente, são certa de 30 meses pagando pouco até o susto que pode tirar você do sério.
Primeiro porque não se engane, o que você não paga agora, vai pagar depois somados a correção do Índice da Construção. Ou seja. Se suas 30 parcelas baratinhas representarem somente 10% do total, os 90% vão estar sendo corrigidos e isso pode complicar seus planos.

Segundo. Já imaginou quando aquela prestação de R$ 200 do seu orçamento passar para R$ 2000, assim que a obra for entregue e você precisar financiar aqueles 90%? E não adianta muito reclamar, acusando a construtora ou o banco de aumentos abusivos.

É você que assina estas condições quando firma o contrato lá no início. E pior. O brasileiro tem o infeliz hábito de não ler o que assina. Quando lê e não entende, tem vergonha de perguntar e normalmente quando a bomba estoura, vai dizer que não tinha entendido. Neste caso, nem a situação de hipo suficiência – aquela desvantagem que age em favor do consumidor na relação com a empresa e de contrato de adesão, vai poder ajudar.

E tem mais má notícias para quem olha o R$ 1,99 da prestação sem fazer as contas de que pode estar levando gato por lebre. Quando se faz a simulação para saber se, uma vez entregue o imóvel, o seu salário será o bastante para o banco autorizar o financiamento, o preço deste imóvel é aquele, de lançamento., Se durante quatro anos, os 90% forem sistematicamente reajustados pelo INCC e o seu salário – como é bem provável, não acompanhar esta mudança de valores, você terá mais um problema..

O banco, que aceitaria financiar o imóvel la no inicio, vai dizer que, com o que você ganha hoje, não poderá liberar o dinheiro e você terá poucos meses para buscar outra solução ou corre o risco de ter o seu contrato cancelado e você terá de volta, apenas parte do pagou. Eu digo contrato cancelado porque não se iluda. Enquanto não aprovar o financiamento, você sequer entra no imóvel.

Ou seja: da próxima vez que ver uma pechincha que até sua vó compraria, olhe nas entrelinhas, faça contas, pergunte. Não existe milagre no mercado. E você precisa estar atento a isso para fazer um bom negócio