Dica: Vender ou não vender seu imóvel agora… eis a questão.

VENDA
Uma boa hora de vender seu imóvel.

Uma boa hora de vender seu imóvel.

Preços nas alturas e um mercado que dá sinais de desgaste e acomodação. E você pensando se vale a pena vender seu imóvel neste cenário.
Os preços já não sobem como antes, a especulação imobiliária perdeu espaço em uma economia mais nervosa e tem construtora dando até 30% de desconto para o comprador fechar o negócio. O mercado mudou e você precisa agir rápido se não quiser sair perdendo.

Mas será que os preços realmente atingiram o ponto mais alto ou ainda podem subir mais? Será que depois de chegar no topo, eles podem cair, realizando o estouro da tão comentada bolha, que fez estragos nos Estados Unidos?

Especialistas são quase unânimes na opinião de que a tendência é sim de estabilidade com boa chances de quedas pontuais nos preços. Nada radical como a crise europeia, mas com o dinheiro mais curto, os juros mais altos, o endividamento maior e a consequente restrição do crédito, a oferta já consegue superar a procura e o resultado disso tem sido o aumento de imóveis vagos que há muito procuram um pretendente.

Isto é tão verdade que índices reconhecidos pelo setor imobiliário como o Fipe/Zap, que acompanha a evolução dos preços em sete capitais brasileiras ( Belém está fora da lista ), vem registrando desaceleração dos preços desde abril de 2011. A valorização recorde dos últimos anos ficou para trás e você precisa decidir: Vender ou não vender agora?

Quem comprou por um bom preço e precisa vender, esta é a hora para realizar lucros. Isso porque, apesar da grande oferta, ainda é possível conseguir bons negócios, sobretudo porque parte do mercado, ainda não percebeu esta mudança de cenário e segue pedindo caro demais, pelo que já vale menos.

Mas para que você ainda consiga sair na frente, muita atenção com um item fundamental da venda: O preço. Sim porque de nada adianta você ter um bom produto se a avaliação esta errada e você vai ver um monte de visitantes na sua casa ou no seu apartamento, mas nenhum comprador.

Claro que o maior valor é o que mais lhe atrai, mas fique atento que do outro lado, o comprador vai fazer justamente o contrário e buscar os menores valores. Ou seja, se você não tiver um preço justo, vai perder o cliente pra concorrência que souber perceber este movimento.

O conselho de vender agora não vale para quem não precisa vender ou tem apenas um imóvel. Nesse caso, essa movimentação é arriscada. Como não existe bola de cristal para prever inflação, vender para morar de aluguel pode ser uma armadilha. Você pode gastar todo o dinheiro ganho com essa locação.

Em todos os casos, é fundamental você ter a opinião de algum especialista do mercado que seja de sua confiança. Simule as situações antes de dar o primeiro passo. Vender sim, mas com os pés no chão…