Alerta. Instabilidade na economia brasileira pode deixar mais caro o financiamento imobiliário.

Financiamento

financiamento

Até bem pouco tempo, ainda se ouvia de quem queria comprar um imóvel, a ideia de que o melhor negócio era esperar porque os juros em queda, deixariam mais barata a prestação da casa própria.

Mas isso mudou.. e rápido. Por isso você deve ficar atento. Já subiram o crediário no varejo, o cheque especial, o cartão de crédito, e o governo aponta que a Selic, que norteia a economia deve seguir em alta, com os argumentos de que freando o consumo, controla a inflação. Ou seja, os juros podem aumentar também nos empréstimos imobiliários.

Essa elevação já vem sendo discutida nos principais agentes que financiam imóveis. Desde abril, o Banco Central já reajustou a Selic três vezes. Era 7,25% e pode chegar a quase 10% em 12 meses, segundo projeções de metade do mercado brasileiro, segundo relatório divulgado pelo próprio Banco Central. Um aumento superior a 25% em pouco mais de um ano.

O financiamento que hoje gira entre 8,3% e 12% ao ano mais inflação vai subir e pode deixar seu sonho da casa própria mais distante. Não apenas porque vai ficar mais cara. Como o seu salário não deve subir na mesma proporção, terá dificuldade de ter seu empréstimo aprovado pelo banco.

Pior, quem já comprou, mesmo tendo feito a simulação de financiamento com a construtora, pode ter uma surpresa desagradável na hora de receber o imóvel e providenciar o financiamento. O cenário econômico mudou e ganhando o mesmo, vai ser difícil captar o dinheiro que antes parecia mais fácil no mercado.

Trocando em miúdos. Se você estava esperando o momento certo para financiar seu imóvel, ele já esta passando. Algumas instituições já começam a elevar os juros, mas ainda tem opções bastante atrativas. Some-se a isso, a grande oferta de imóveis que as construtoras tem. Com mais oferta, os descontos tendem a ser maiores – isso não vem de graça, você precisa exigir o preço menor. Imóvel mais barato, juros ainda muito baixos formam a química ideal para sua aquisição. Compre agora, ou arrependa-se para sempre.